Artigo | O novo passo da operação-desmonte


No debate sobre as contrarreformas em geral, o primeiro aspecto que jamais deveria ser esquecido é que todas elas – previdenciária, trabalhista, do Estado –, incluindo a PEC 32/2020, vieram na esteira de um crime de grandes proporções contra o Brasil, que foi o golpe de Estado em curso. 

Esse golpe teve como momento crucial o impeachment da presidente Dilma Roussef em 2016, mas não se limita a ele. O resgate do golpe não é nenhum capricho ou questão moral: é que o golpe está transformando profundamente a sociedade brasileira – para pior – por isso deve ser resgatado. Resgatar o fato é fundamental para a precisão da análise e, consequentemente, para as ações a serem encaminhadas.

Confira integralmente em: O novo passo da operação-desmonte

 

Leia mais: Reforma administrativa, que mexe com servidor, deve avançar 'nos próximos dias'.

Leia mais: A revisão geral e as armadilhas para os servidores

Nota Ascom Sindifisco-RS: O acesso à matéria pode exigir assinatura pessoal.


Clique no play para ouvir a programação

@ Siga no Instagram